Widows

Inês:

O filme atira-nos imediatamente para o meio da ação, com os maridos das nossas personagens principais em fuga da polícia, que os persegue até ao seu esconderijo. Onde pouco tempo depois todos morrem numa explosão.

A partir daqui vemos as vidas nas nossas personagens a deteriorarem-se de várias formas, fosse porque estavam dependentes dos maridos, porque estão a lidar com consequências das más escolhas e das mentiras deles, ou porque outros criminosos apareceram a cobrar-lhes dinheiro que elas não tinham.

Este último exemplo acontece a Veronica, a personagem de Viola Davis, a mulher do cabecilha do grupo de ladrões, que é ameaçada por um criminoso que o marido roubou. A partir daqui, Veronica localiza as mulheres dos restantes membros, para que possam levar a cabo o último golpe que eles tinham planeado, seguindo as instruções detalhadas no caderno do marido de Veronica. Mas não são as únicas a querer esse dinheiro, e as pessoas que o protegem também são perigosas.

Não vou revelar mais sobre o enredo, porque isso significaria falar de momentos MUITO bons, e de revelações surpreendentes, que merecem ser experienciadas como deve de ser.

Até ao momento em que as revelações começam a surgir, o filme é bom, com um elenco excelente, mas não passa disso, um bom drama. A partir das revelações? O filme passa a ser ótimo, excelente até. Claro, preferia que não tivessem explicado absolutamente tudo, mas tendo em conta a natureza do que aconteceu, faz algum sentido.

Recomendo MUITO este filme, dá para um serão muito bem passado.

Helena:

Veronica, tal como o seu marido, torna-se a cabecilha do grupo e coordena toda a operação. E porque não vender o último plano? Afinal de contas está lá tudo! (Bem, quase tudo) Porque para além de Veronica ter ficado sem marido, ela ficou sem NADA. Exacto. Assim, realizar o roubou, pagar a dívida e ainda ficar com algum dinheiro para (sobre)viver parece melhor do que provavelmente ficar sem nada, porque os bandidos que lhe bateram à porta podem muito simplesmente ficar com ele e dizer adeus.

O que as (viúvas) compele a concretizar o assalto não é mera vingança, é instinto de sobrevivência. O que lhes dá confiança para o fazer? O facto de ninguém acreditar que um grupo de mulheres (especialmente quem nunca praticou nenhum crime do género) o faça. Lição do dia: não subestimar ninguém.

Viola Davis Widows GIF by TIFF - Find & Share on GIPHY
Be who you are

Para além de se poder observar todo o processo de planeamento e o luto destas mulheres, também é possível observar toda a corrupção política e religiosa que envolve toda esta confusão em que as viúvas foram arrastadas aquando da morte dos seus maridos/companheiros. Todos querem, mais do que o dinheiro em si, o poder (que o mesmo representa); vamos ser honestos, hoje em dia, dinheiro iguala poder.

Não é exactamente um filme merecedor de ser nomeado para os Óscares ou assim, mas tem lá a Viola Davis e tem acção e emoções fortes, o que basta para passar um bom bocado frente ao ecrã a comer porcarias.

Deixar uma resposta