Annihilation: O Regresso de Ficção Científica Como Deve de Ser

Há já algum tempo que sou fã de ficção científica, mas há MUITO tempo que não via um filme de ficção científica A SÉRIO! Isto é TÃO! BOM!

Ficção científica a sério, um conceito que, embora não completamente original – um meteoro que cai na Terra, carrega vida no seu interior, e as consequências que daí vêm -, é feito de uma forma única, e acima de tudo inteligente. Não me estou a referir ao quão intelectual o filme é, ou até que ponto a ciência da ficção científica é “possível” ou “realista”; estou sim a referir-me ao facto do filme não nos dar imediatamente as respostas todas. Vamos descobrindo o que se passa juntamente com as personagens, e podemos tirar as nossas próprias conclusões, e formar as nossas próprias opiniões.

Imensos filmes sentem a necessidade de explicar tudo, como se tivessem medo que as pessoas fossem demasiado burras para compreender as histórias. Mas não este filme. Este filme respeita a sua audiência, e respeita o mundo da ficção científica, e eu não o podia recomendar mais.

Ah, é verdade, o elenco principal é também maioritariamente feminino – um grupo de cientistas. E a melhor parte do filme, é que faz disso um facto natural. Outras equipas tinham sido enviadas para explorar a situação, que eram total, ou pelo menos maioritariamente, masculinas – muito devido ao facto de serem apenas militares. As pessoas encarregues decidiram assim enviar cientistas em vez de militares. E o facto de serem todas mulheres é só um por acaso. E sabem onde isso se nota? Na caracterização das personagens. São humanas. Têm falhas, e segredos, e medos, e mais coisas em comum do que sabem ao início. E uma personagem assim, pelo menos na minha opinião, pode ser aplicada tanto a um ator como a uma atriz.

Deixo-vos então com o trailer, e volto a repetir que este filme é MESMO! MUITO! BOM! E conta com um elenco excelente, o que também ajuda.

One thought on “Annihilation: O Regresso de Ficção Científica Como Deve de Ser

Deixar uma resposta