Ava’s Possessions

Apesar de não ver frequentemente filmes de terror, confesso que sou uma fã (são fortes as influencias que a irmã mais velha possui sobre a mais nova). Mas sou fã de BONS filmes de terror, o que agora torna-se tão difícil de encontrar como uma agulha em um palheiro, talvez daí não ver tantos filmes de terror.

“Ava’s Possessions” é classificado como sendo um filme de terror e comédia (se fosse um filme romântico designar-se-ia como “comédia romântica”, como é terror não tenho a certeza como me hei de referir ao mesmo).

Como o título sugere, Ava é a personagem principal. Achei curioso e interessante como o filme inicia a narrativa: directamente pelos olhos de Ava, quando esta está a ser alvo de um exorcismo, como o título também sugere.

Ava esteve cerca de 28 dias possuída por um espírito chamado Naphula The Anointed. Um espírito arrogante e mimado que gosta de visitar a terra e possuir humanos para se divertir e eventualmente trazer a escuridão e blá blá blá, a história do costume. O problema de Ava é que esta ficou atolada em queixas, ao que parece Ava enquanto esteve possuída não foi uma boa menina.

Assim Ava enfrenta a possibilidade de ir para a prisão… ou então ir para um grupo de apoio a possuídos anónimos (do mesmo género de alcoólicos anónimos) financiado pela igreja.

avas-possession-louisa-krause

Como fase de “tratamento” de superação, Ava tem de pedir perdão a todos aqueles que magoou. Problema: Ava não se lembra de nada do que se passou durante esses 28 amaldiçoados dias! Com ajuda do seu advogado, inicia a sua busca por perdão.

Entre os pedidos de perdão que lhe vão avivando a memória, Ava descobre enquanto arruma a sua casa (após ter ficado transformada em um autêntico caos! ao que parece os demónios como os comuns mortais não gostam de limpar) encontra não só um relógio com uma inscrição como também uma mancha de sangue escondida por debaixo do tapete da sua sala. De quem é aquele sangue? Onde é que essa pessoa está?

Estas perguntas serão respondidas ao longo do filme… que vocês terão de ver se quiserem saber.

(Acreditem que gostaria de escrever mais sobre o filme, mas assim estaria a contar a história toda!)

Não é um filme de terror tradicional, mas achei bastante interessante. Deixo-vos aqui o trailer, não se vão arrepender.

 

 

Deixar uma resposta