Lore – A Origem dos Mitos

Uma mini-série sobre as verdadeiras histórias por detrás dos mitos de hoje em dia.

Desde contos de fadas, a vampiros, folclore, e médicos obsessivos, “Lore” explica tudo. Desde as origens, até aos casos mais mediáticos.

Quase toda a gente conhece as histórias, mas quantos conhecem verdadeiramente o que as originou? Narrado como se de um pequeno documentário se tratasse, com factos e encenações pelo meio, “Lore” entretem o tempo todo.

E já que é uma série pequenina, vou deixar uma sinopse dos 6 episódios que a compõem:

Episódio 1: The Made a Tonic – Ao mesmo tempo que a Tuberculose ceifava vítimas com uma rapidez implacável, também a ciência evoluía com o mesmo ardor. E ainda assim, não rápido o suficiente para travar a doença. Será assim tão estranho pensar que alguém em desespero recorresse a métodos supersticiosos, mesmo que não acreditasse no seu poder, só para salvar um ente querido? Afinal, até onde iríamos nós para salvar quem amamos?

Episódio 2: Echoes – O medo de hospitais psiquiátricos, e de doenças mentais em geral, que continua a alimentar filmes de terror, é tão baseado no nosso medo de enlouquecer, como na forma como as sociedades têm tratado esses mesmos doentes. Esta é a história de um homem obsessivo, que toda a vida repetiu para si próprio que estava a fazer a coisa certa. Seria o motivo dessa repetição uma crença genuína, e algo ingénua, nas suas boas intenções? Ou o resultado de precisar de algo que acalmasse a sua consciência?

Episódio 3: Black Stockings – Mais do que o perigo da superstição, este episódio analisa com grande detalhe as razões daqueles que se escondem por detrás de superstições, religiosas ou não, para se fazerem valer. Seria o caso em análise um exemplo da Síndrome de Capgras, onde uma pessoa se convence que alguém próximo foi substituído um impostor? Ou apenas um exemplo extremo de preconceito e e sentimentos de inferioridade?

Episódio 4: Passing Notes – O início do movimento Espiritualista, onde pessoas afirmavam poder contactar com os mortos. Imensos charlatães nasceram nesta época, e imensos foram expostos como as fraudes que eram. Mas um caso permanece sem uma explicação convincente do que se passou até hoje…

Episódio 5: The Beast Within – Já toda a gente ouviu dizer que os contos de fadas “originais” eram muito mais violentos do que as versões que nos chegam hoje em dia. E em grande parte isso é verdade, fora o facto de a maioria das versões consideradas “originais” virem dos Irmãos Grimm, que não só pegaram em lendas e histórias e se apropriaram delas como se lhes pertencessem, como as alteraram para serem ainda mais violentas e servirem uma narrativa muito pessoal (queixo-me como deve ser noutro post, o episódio por acaso faz um excelente trabalho em contar a verdadeira história por detrás da história). Lobisomens, por exemplo, são monstros da ficção, mas começaram por ser os monstros por detrás de crimes bastante reais. O monstro era real, sim senhor. Mas seria um lobisomem? Ou algo pior?

Episódio 6: Unboxed – Confesso que já tinha ouvido falar da história, mas não tinha noção do culto que tinha adquirido ao longo dos anos. O pequeno Gene recebe um boneco como prenda de anos, e chama-lhe Robert. O boneco torna-se o seu melhor amigo, algo que não é difícil, porque Gene é uma criança bastante solitária. Mas coisas estranhas acontecem quando Robert está por perto, mesmo quando Gene não se encontra sequer em casa. Estão a ver aquele hábito que nós pessoas temos de nos afeiçoar a objetos inanimados, de os chegar mesmo a amar, ainda que saibamos que eles nunca nos vão poder amar de volta? E se amassem? Aceitaríamos esse amor?

 

É tudo por hoje pessoal, boa noite, e durmam bem!

One thought on “Lore – A Origem dos Mitos

Deixar uma resposta