Thor: Ragnarok

Há pouco tempo, fui ao cinema ver a mais recente aventura de Thor, o Deus do trovão da Marvel. Como já tinha visto os dois filmes anteriores do personagem, não tinha grandes expectativas em relação a este terceiro. Quem viu Thor e Thor: O Mundo das Trevas, de certeza concordará comigo. Mas deixem só que vos diga, que agradável surpresa!

Thor Ragnarock 1

Primeiro que tudo tenho de confessar que não sou muito devota dos filmes da Marvel, embora já tenha visto grande parte deles, arrastada pelos meus amigos, claro está.

Para quem ainda não viu, a história passa-se alguns anos depois de Vingadores: A Guerra de Ultron. Tudo começa com Thor a lutar contra Surtur, um demónio de fogo que profetiza o Ragnarok: a destruição de Asgard.

O filme desenrola-se a partir daí, em torno desta profecia, e no desejo das personagens em evitar que ela se concretize.

Percebe-se logo de início, que este filme foge um pouco ao estilo da Marvel que já estamos habituados. Com um sentido de humor pertinente, por vezes exagerado mas sempre enquadrado e sem se tornar previsível. Admito que das duas horas de filme, grande parte delas foi com o sorriso estampado na cara ou a rir ás gargalhadas. Claro que também teve momentos sérios, e as cenas de ação são muito bem aproveitadas.

Neste filme podemos contar com a presença de uma super vilã, Hela, Deusa da Morte. Conseguimos perceber que ela é muito poderosa quando destrói sem esforço o poderoso Martelo Mjolnir.

hela.gif

Gostaria de ter visto os seus poderes no seu potencial máximo, que  não foi possível apreciar, dada a rapidez com que os acontecimentos se sucederam no filme. Esta sucessão rápida dos acontecimentos não é de todo má, pois de certa forma reflete a ansiedade e a pressa que as personagens têm de regressar a Asgard para impedir o seu final catastrófico.

Reencontramos também Hulk, o gigante verde, que entretanto se tornou num poderoso gladiador noutro planeta.

Outra presença marcante é Loki, o típico anti-herói, que vem neste filme revelar-se um aliado contra Hela, juntando-se ao irmão e tentando até certo ponto, impedir o desfecho fatídico de Asgard, ou pelo menos é isso que nos leva a crer. Loki é uma personagem extraordinária que a Marvel pouco explora nos seus filmes e mais uma vez fica um pouco aquém daquilo que esperamos dele.

Entre estes, outros personagens relevantes, vão surgindo no desenrolar da aventura mas sobre as quais não me vou debruçar neste post, espero que vejam o filme e tirem as vossas próprias conclusões.

Thor: Ragnarok é dos melhores filmes da Marvel que tenho visto ultimamente.

Com efeitos visuais espectaculares e uma banda sonora de qualidade, este filme vale definitivamente uma ida ao cinema!! 

 

 

 

 

 

 

 

 

Deixar uma resposta